Propriedades psicométricas da Escala de Intenções Comportamentais de Permanência na Organização (EICPO)

Igor Gomes Menezes, Antonio Virgílio Bittencourt Bastos

Resumo


Um elevado nível de rotatividade (turnover) dos trabalhadores gera custos de recrutamento, treinamento e desenvolvimento. Diferentes modelos teóricos foram desenvolvidos para explicar o turnover, e várias medidas atitudinais de intenções de permanência ou saída da organização foram criadas para buscar predizer o fenômeno. Em face da carência de instrumentos de base comportamental para o estudo do turnover, o presente trabalho teve por objetivo desenvolver e validar a Escala de Intenções Comportamentais de Permanência na Organização (EICPO). Para o conhecimento das propriedades psicométricas da EICPO foram selecionados 1.693 trabalhadores das regiões Norte, Nordeste e Sul do Brasil. Dos (oito) itens iniciais, (sete) itens atenderam aos critérios de validação. A EICPO é a primeira medida desenvolvida e validada para avaliar intenções comportamentais de permanência na organização.

Palavras-chave


Comprometimento organizacional; Rotatividade; Intenções comportamentais; Validade de construto

Texto completo:

HTML PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/epp.2010.8916

Licença Creative Commons
A revista Estudos e Pesquisas em Psicologia esta licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada.

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia
© Estudos e Pesquisas em Psicologia
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco F, sala 10.005, 10° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0651

E-mail: revispsi@gmail.com