Amizade na adolescência e a entrada na universidade

Suellen Ibrahim Peron, Luisa Schivek Guimarães, Luciana Karine de Souza

Resumo


O presente estudo investigou o relacionamento de amizade em jovens que recém-ingressaram na universidade. Os aspectos estudados da amizade foram: freqüência de amizades, presença de melhor amizade, origem, duração, influências de outros contextos de interação (família, romance, escola), freqüência de contato e presença de melhores amizades extras. Integraram a amostra 24 estudantes com idade entre 16 e 17 anos, regularmente matriculados em cursos de graduação na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre, envolvendo diversas áreas do conhecimento. O estudo procura contribuir para uma melhor compreensão desta fase peculiar da vida de alguns adolescentes – o ingresso na universidade. Além disso, abre possibilidades para futuras investigações que promovam um melhor entendimento sobre este tema de pesquisa e de intervenção.

Palavras-chave


Amizade; Adolescente; Universidade; Desenvolvimento

Texto completo:

HTML PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/epp.2010.8907

Licença Creative Commons
A revista Estudos e Pesquisas em Psicologia esta licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada.

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia
© Estudos e Pesquisas em Psicologia
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco F, sala 10.005, 10° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0651

E-mail: revispsi@gmail.com