Conceitos Winnicottianos integrados na clínica ampliada: um olhar sobre o tratamento do transtorno mental grave na infância

Nelcí Regina Angnes, Caroline Matos Romio, Gabriela Zuchetto, Hericka Zogbi Jorge Dias

Resumo


A presente elaboração teórica surge do interesse de se entremear conceitos presentes na psicologia do desenvolvimento emocional com as diretrizes da assistência em saúde, na atenção à saúde mental. A análise conceitual se propõe a articular os referenciais elaborados por D. W. Winnicott com a cartilha do Ministério da Saúde sobre a Clínica Ampliada na atenção à saúde mental infantil. A relevância deste artigo consiste na necessidade de se pensar como a gestão em saúde pode tornar possível, no âmbito público, o atendimento do transtorno mental grave na infância a partir dos pressupostos trazidos por Winnicott, tais como integração, autonomia e o papel do ambiente no desenvolvimento emocional.

Palavras-chave


Clínica Ampliada; Transtorno Mental Grave na Infância; Winnicott; Promoção de Saúde

Texto completo:

HTML PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/epp.2013.8602

Licença Creative Commons
A revista Estudos e Pesquisas em Psicologia esta licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada.

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia
© Estudos e Pesquisas em Psicologia
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco F, sala 10.005, 10° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0651

E-mail: revispsi@gmail.com