O trabalho como possibilidade de (re)inserção social do usuário de um Centro de Atenção Psicossocial na perspectiva da equipe e do usuário

Kelen Patrícia Bürke, Desirée Luzardo Cardozo Bianchessi

Resumo


O presente artigo busca compreender as possibilidades de (re)inserção social do usuário do CAPS, através do trabalho, a partir da perspectiva do usuário e da equipe. O estudo ocorreu no CAPS II do Hospital de Clínicas de Porto Alegre/RS, no qual foram entrevistados profissionais e usuários. Utilizou-se uma metodologia qualitativa e exploratória, sendo a análise dos dados realizada através do método Análise de Conteúdo, utilizando-se temas para o agrupamento dos achados. Os resultados apontam para um sentido do trabalho enquanto um meio de ocupar a mente, produzir vínculos, auxiliar na autoestima e enquanto vivências de satisfação e prazer. Entretanto, o trabalho enquanto possibilidade de (re)inserção social ainda apresenta muitas limitações, impostas pela sociedade capitalista, sendo necessário repensar modos de trabalhar que favoreçam a criatividade e as possibilidades do sujeito no resgate da sua subjetividade e na busca pela cidadania, promovendo saúde mental.

Palavras-chave


(Re)inserção Social; Saúde Mental; Trabalho; Centro de Atenção Psicossocial

Texto completo:

HTML PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/epp.2013.8601

Licença Creative Commons
A revista Estudos e Pesquisas em Psicologia esta licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada.

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia
© Estudos e Pesquisas em Psicologia
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco F, sala 10.005, 10° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0651

E-mail: revispsi@gmail.com