A Psicologia Discursiva nos estudos em Psicologia Social e Saúde

Emerson F. Rasera

Resumo


A Psicologia Discursiva tem ganhado destaque na Psicologia Social nos últimos anos, propondo novos objetos e métodos de investigação. Este artigo tem por objetivo apresentar os principais pressupostos teórico-metodológicos da Psicologia Discursiva e refletir sobre as tendências e os desafios de sua utilização no campo dos estudos em Psicologia Social e Saúde. A Psicologia Discursiva é descrita a partir de suas influências pela Análise da Conversação, Retórica e Filosofia da linguagem, sendo apresentado o Modelo da Ação Discursiva e as etapas da Análise do Discurso. No campo dos estudos em Psicologia Social e Saúde, são descritas duas tendências: uma que privilegia o estudo dos repertórios interpretativos e outra voltada à construção discursiva do processo saúde-doença-cuidado. Os principais desafios identificados para a utilização desse referencial teórico-metodológico nesse campo de estudos se referem à hegemonia do discurso biomédico na saúde, às tradições realistas de pesquisa e à lógica tecnicista no cuidado em saúde.

Palavras-chave


Psicologia Discursiva; Análise do Discurso; Psicologia Social; Saúde

Texto completo:

HTML PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/epp.2013.8594

Licença Creative Commons
A revista Estudos e Pesquisas em Psicologia esta licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada.

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia
© Estudos e Pesquisas em Psicologia
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco F, sala 10.005, 10° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0651

E-mail: revispsi@gmail.com