A relação entre a habilidade de leitura e a consciência fonológica: estudo longitudinal em crianças pré-escolares

Antonio Roazzi, Maira M. Roazzi, Cláudia Nascimento Guaraldo Justi, Francis Ricardo dos Reis Justi

Resumo


O trabalho apresenta os resultados de uma pesquisa longitudinal em crianças falantes de língua portuguesa, investigando a relação entre consciência fonológica e a aprendizagem da leitura. A consciência fonológica foi medida por meio de tarefas que envolviam a fusão e a segmentação silábica e fonêmica que foram aplicadas na pré-escola e no final do primeiro ano de alfabetização. Análises de regressão linear múltipla controlando a idade e a inteligência (verbal e não verbal) foram realizadas e apenas os escores na tarefa de fusão silábica aplicada no final do primeiro ano de alfabetização predisseram os escores em um teste de leitura aplicado no mesmo período. Porém análises não paramétricas indicaram que ambas as tarefas de fusão (fonêmica e silábica) aplicadas na pré-escola predisseram a leitura um ano depois. Esses resultados foram discutidos considerando-se a natureza das tarefas de consciência fonológica empregadas e o seu papel em relação ao aprendizado da leitura.

Palavras-chave


Consciência fonológica; Leitura; Fusão e segmentação fonêmica/silábica

Texto completo:

HTML PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/epp.2013.8417

Licença Creative Commons
A revista Estudos e Pesquisas em Psicologia esta licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada.

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia
© Estudos e Pesquisas em Psicologia
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco F, sala 10.005, 10° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0651

E-mail: revispsi@gmail.com