Comportamento Suicida e Políticas Públicas: Estudo Comparativo entre as Atitudes dos Profissionais da Atenção Básica

Ana Paula Araújo de Freitas, Lucienne Martins-Borges

Resumo


O comportamento suicida é um tema cada vez mais presente nos serviços de Saúde e Assistência Social. Dado sua complexidade, buscou-se investigar as atitudes dos profissionais que atuam na Atenção Básica das políticas de Saúde (n=44) e de Assistência Social (n=36) em relação ao comportamento suicida, uma vez que estas são determinantes para o cuidado. Utilizou-se o Questionário de atitudes em relação ao comportamento suicida (QUACS) e um questionário sociodemográfico. Havia a hipótese que a política pública e a formação profissional seriam variáveis que trariam diferenças entre as atitudes encontradas. Profissionais da Saúde apresentaram atitudes mais positivas em relação ao paciente e maior percepção da sua capacidade profissional. Profissionais da Assistência Social indicaram atitudes menos moralistas em relação ao direito ao suicídio. As variáveis política pública, sexo, formação profissional e religião foram significativas para os fatores da escala, validando a hipótese inicial. Há necessidade de capacitação dos profissionais sobre a temática, uma vez que diferentes atitudes podem indicar fragilidades que interferem na conduta dos profissionais e na oferta de cuidado. Além disso, é preciso fomentar o debate sobre a articulação entre as duas políticas públicas, a fim de garantir a integralidade e construir o trabalho em rede.

Palavras-chave


percepção; atenção primária à saúde; política pública; assistência social; suicídio

Texto completo:

HTML PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/epp.2022.68640

Licença Creative Commons
A revista Estudos e Pesquisas em Psicologia esta licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada.

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia
© Estudos e Pesquisas em Psicologia
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco F, sala 10.005, 10° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0651

E-mail: revispsi@gmail.com