Encontro com a Psicanálise: experiências de estágio em uma clínica-escola

Cláudia Alquati Bisol, Raquel Alquatti, Thays Carvalho Gonem

Resumo


A clínica-escola, enquanto espaço para realização de estágio em Psicologia Clínica, conjuga as dimensões da formação universitária e atendimento à comunidade. A Psicanálise é uma das modalidades clínicas e dispositivos teóricos que se apresentam aos estudantes como possibilidade para seu trabalho. Neste artigo, iniciamos problematizando as relações entre a Psicanálise e a Universidade, na tentativa de situar um lugar possível para a Psicanálise no contexto da formação em um curso de Psicologia. Em seguida, buscamos elementos para pensar a clínica nas recomendações de Freud aos jovens analistas. Por fim, articulamos estas questões à nossa experiência de estágio, realizado em uma clínica-escola de uma Universidade do sul do país. Consideramos que a desconstrução da lógica universitária em relação ao saber, a construção de uma escuta que não cede à linguagem e a atenção para o manejo das exigências institucionais são algumas das questões essenciais para um encontro possível dos estudantes com a Psicanálise.

Palavras-chave


clínica; psicanálise; estágio; psicologia

Texto completo:

PDF HTML


DOI: https://doi.org/10.12957/epp.2017.37709

Licença Creative Commons
A revista Estudos e Pesquisas em Psicologia esta licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada.

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia
© Estudos e Pesquisas em Psicologia
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco F, sala 10.005, 10° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0651

E-mail: revispsi@gmail.com