Significados da decisão do "retorno" para brasileiros/as com experiências migratórias na Inglaterra

Laila Priscila Graf Ornellas, Maria Chalfin Coutinho

Resumo


Apresentamos parte dos resultados de uma pesquisa sobre as trajetórias sociais de brasileiros/as com experiência migratória internacional, analisando os significados relativos à decisão do "retorno". Compreender a formação dessa decisão se mostra fundamental à medida que essa concretização é uma reelaboração do projeto de migrar, e redefine a situação e o contexto de vida da pessoa, dos familiares e de pessoas na sociedade de origem e destino. Empregamos um conceito de trajetórias sociais francês, e a teoria da psicologia construcionista social e dos estudos narrativos. Coletamos as informações a partir de entrevistas com oito pessoas, que residiram na Inglaterra por um ano ou mais e retornaram ao Brasil entre 2008 e 2012. A maioria desses participantes eram jovens e qualificados, praticamente todos com formação superior no Brasil. Entendemos o regresso dentro da totalidade da experiência migratória, no entanto aqui desenvolvemos uma análise transversal às trajetórias dos participantes. Eles optaram pelo retorno a partir de uma narrativa pessoal que foi construída a partir de um "mosaico" de fatores, contendo: a data prevista; inserção profissional anterior; questões familiares; crise econômica e falta de perspectivas no destino; e busca por determinada qualidade de vida.

Palavras-chave


trajetórias; narrativas; retorno; migração

Texto completo:

HTML PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/epp.2017.34765

Licença Creative Commons
A revista Estudos e Pesquisas em Psicologia esta licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada.

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia
© Estudos e Pesquisas em Psicologia
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco F, sala 10.005, 10° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0651

E-mail: revispsi@gmail.com