Um diálogo entre a teoria ator-rede e a proposta artística de Hélio Oiticica: o que a psicologia tem a ver com isso?

Debora Emanuelle Nascimento Lomba

Resumo


O presente trabalho é uma releitura da monografia "Eu sou uma obra de arte, o museu é um mundo", cujas questões trabalhadas envolvem a proposta artística de Hélio Oiticica, bem como sua aproximação com uma maneira alternativa de pensar a psicologia, a saber, a teoria ator-rede (TAR). Com isso, temos tanto um trabalho que une psicologia e arte, como um trabalho que problematiza as práticas em psicologia. Dessa forma, serve de apoio para esta discussão, uma bagunça na maneira de pensar e fazer psicologia, totalmente embasadas pelos autores da TAR e dialogando com Hélio Oiticica. Uma discussão que inclui diversos atores e faz compor uma proposta política diferente da lógica dominante na psicologia.

Palavras-chave


teoria ator-rede; artes; psicologia; psicologia social; Hélio Oiticica

Texto completo:

HTML PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/epp.2015.20262

Licença Creative Commons
A revista Estudos e Pesquisas em Psicologia esta licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada.

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia
© Estudos e Pesquisas em Psicologia
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco F, sala 10.005, 10° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0651

E-mail: revispsi@gmail.com