Sentidos e significados do trabalho: dos impedimentos às possibilidades do trabalho de pessoas com deficiências

Juliana Cavalcante Marinho Paiva, Pedro Fernando Bendassolli, Camila Costa Torres

Resumo


O objetivo deste estudo foi compreender a relação das pessoas com deficiências e seu trabalho. Especificamente, buscou-se identificar os sentidos e significados atribuídos ao trabalho, e descrever os impedimentos da atividade concreta e as estratégias desenvolvidas para sua superação. Esse objetivo é inspirado na perspectiva teórica sócio-histórica e nas teorias da atividade, clínica da atividade em particular. A pesquisa foi realizada com 16 servidores de uma Instituição de Ensino Superior - IES, tratando-se de um estudo multi-métodos sequencial, transversal de orientação qualitativa, com utilização de técnicas de entrevista narrativa e criação fotográfica. Os resultados demonstraram o trabalho sendo caracterizado como uma necessidade, fonte de prazer, reconhecimento, socialização. Os impedimentos estiveram mais relacionados às condições ambientais da atividade, do que propriamente à condição da deficiência. Conclui-se que o acesso ao trabalho é uma importante ferramenta de inclusão social de pessoas com deficiência, e, nesse sentido, leis de reserva de vaga cumprem seu papel.

Palavras-chave


trabalho; deficiência; reserva de vagas

Texto completo:

HTML PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/epp.2015.16071

Licença Creative Commons
A revista Estudos e Pesquisas em Psicologia esta licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada.

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia
© Estudos e Pesquisas em Psicologia
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco F, sala 10.005, 10° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0651

E-mail: revispsi@gmail.com