Evidências de validade de instrumentos de reações no ensino superior à distância

Lara Barros Martins, Thaís Zerbini

Resumo


Com a crescente implantação de cursos superiores oferecidos via internet, os estudos na área de avaliação de ações educacionais a distância assumem grande relevância, ao propor instrumentos de medida para atestar a eficácia e a qualidade de cursos desta natureza. Nesse sentido, objetivou-se verificar as evidências de validade de dois instrumentos de medida: Reação aos Procedimentos Instrucionais e Reação ao Desempenho do Tutor. Alunos de graduação de uma universidade particular no interior paulista, que realizavam cursos a distância ou disciplinas híbridas, responderam a questionários que avaliaram o nível de satisfação com os procedimentos instrucionais adotados e a atuação profissional do tutor. Foram realizadas Análises Fatoriais Exploratórias e de consistência interna. Os escores analisados apontam para as evidências de validade estrutural em ambas escalas, que apresentam estruturas empíricas unifatoriais: 1) "Procedimentos Instrucionais em EAD" (17 itens, α=0,96 e cargas fatoriais entre 0,60 e 0,86); e 2) "Desempenho do Tutor" (27 itens, α=0,98 e cargas fatoriais entre 0,67 e 0,88). As estruturas de fator único já foram encontradas em estudos existentes com as medidas, que devem ser aplicadas em contextos e amostras diferentes, em futuras pesquisas.

Palavras-chave


avaliação de curso a distância; instrumento de avaliação; educação à distância

Texto completo:

HTML PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/epp.2015.16064

Licença Creative Commons
A revista Estudos e Pesquisas em Psicologia esta licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada.

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia
© Estudos e Pesquisas em Psicologia
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco F, sala 10.005, 10° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0651

E-mail: revispsi@gmail.com