Mecanismos públicos de coordenação e wicked problems: estudo de um arranjo interorganizacional voltado ao combate do crime organizado em Santa Catarina / Public coordination mechanisms and wicked problems: study of an interorganizational arrangement to combat organized crime in Santa Catarina

Graziela Dias Alperstedt, Micheline Gaia Hoffmann, Vinícius Valdir de Sá

Resumo


Resumo

O fenômeno da criminalidade organizada, por sua natureza interdisciplinar e suas características bem como pelos problemas econômicos e sociais decorrentes de sua atuação, se apresenta em todo o mundo como um problema público extremamente complexo, podendo ser caracterizado como um problema perverso ou wicked problem. Para fazer frente a este problema perverso, os Estados brasileiros têm buscado estimular o desenvolvimento de investigações realizadas por meio de atuação integrada de diferentes instituições, com a comunhão de esforços e recursos, formando as denominadas forças-tarefas ou grupos especiais. A complexidade desse arranjo interinstitucional traz consigo o desafio da coordenação de diferentes instituições públicas com suas atribuições legais, culturas, estruturas organizacionais, modelos de atuação, metas e formas de comunicações próprias dispostas em uma estrutura responsável por investigar organizações criminosas. Dentro deste contexto o objetivo do presente artigo é apresentar um framework dos mecanismos de coordenação presentes em um arranjo interinstitucional formado por essas instituições públicas, voltado para a investigação de organizações criminosas em Santa Catarina, denominado Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO).

Palavras-chave: Problemas perversos, organizações criminosas, coordenação interorganizacional, mecanismos de coordenação.


Abstract

The phenomenon of organized crime, due to its interdisciplinary nature and characteristics, as well as the economic and social problems resulting from its activities, presents itself worldwide as an extremely complex public problem, which can be characterized as a perverse or wicked problem. To tackle this perverse problem, Brazilian states have sought to stimulate the development of investigations carried out through the integrated action of different institutions, with the sharing of efforts and resources, forming the so-called task forces or special groups. The complexity of this interinstitutional arrangement brings with it the challenge of coordinating different public institutions with their legal attributions, cultures, organizational structures, models of action, goals and forms of own communications arranged in a structure responsible for investigating criminal organizations. Within this context, the objective of this article is to present a framework of the coordination mechanisms present in an interinstitutional arrangement formed by these public institutions, focused on the investigation of criminal organizations in Santa Catarina, called the Special Action Group to Combat Organized Crime (GAECO).

Keywords: Wicked problems, criminal organizations, interorganizational coordination, coordination mechanisms.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/rdc.2022.56064

Direitos autorais 2022 Revista de Direito da Cidade

Esta licença permite que outros distribuam, remixem, adaptem e criem a partir do seu trabalho, mesmo para fins comerciais, desde que lhe atribuam o devido crédito pela criação original: (https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/

 

Indexada em | Indexed by: 

Directory of Open Access JournalsResultado de imagem para "ebsco"Resultado de imagem para scilit

http://www.journaltocs.ac.uk/API/blog/images/journaltocslogo.jpgResultado de imagem para suncatResultado de imagem para "American Association for the Advancement of Science"LA ReferenciaResultado de imagem para lexis nexis

 

 

Ver outras indexações da Revista

Periódico associado | Associated journal:

Associação Brasileira de Editores Científicos – ABEC

 

Revista de Direito da Cidade
Endereço: Rua São Francisco Xavier, 524, Sala 7027 B – Maracanã – Rio de Janeiro – RJ Cep 20550-900
Telefone: (21) 23340823
email: revistadedireitodacidadeuerj@gmail.com