A contribuição da sociedade do conhecimento para o ecodesenvolvimento e as cidades inteligentes / The contribution of the knowledge society to the eco development and the smart cities

Oniye Nashara Siqueira, Lucas de Souza Lehfeld

Resumo


Resumo

O estudo analisa a elevação do desenvolvimento tecnológico, corroborado pela instituição da Sociedade do Conhecimento como pilar de reafirmação do conceito de ecodesenvolvimento, a fim de apontar como ambos contribuem para a promoção da sustentabilidade em âmbito municipal e afirmação do direto à cidade. A sociedade moderna é composta, primordialmente, pelos centros urbanos e pelos cidadãos interconectados que os compõe. Deste modo, o objeto da pesquisa pauta- se em esclarecer como a implementação das Smart Cities, por meio das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs), revela-se como importante ferramenta de preservação ambiental nos municípios brasileiros. A escolha do tema se justifica pela inevitabilidade do desenvolvimento tecnológico e a necessidade de que este aparato seja destinado à proteção, reconstrução e monitoramento do meio ambiente no contexto das cidades inteligentes. Para tanto, aplicamos o método de abordagem dialético-jurídico, associado à pesquisa bibliográfica. Como resultado, é possível observar a notável influência da conectividade dos cidadãos para a elevação do patamar do ecodesenvolvimento, sendo certo, no entanto, que maior investimento público e privado nesta seara se faz indispensável.

Palavras-chave: Tecnologia; Ecodesenvolvimento; Cidades Inteligentes; Urbanização; Sustentabilidade.


Abstract

This paper analyzes the elevation of technological development, corroborated by the institution of the Knowledge Society as a pillar to reaffirm the concept of eco-development, to point out how both contribute to the promotion of sustainability at the municipal level and affirmation of the right to the city. Modern society is composed primarily of urban centers and the interconnected citizens. That way, the object of the research is to clarify how the implementation of Smart Cities, through Information and Communication Technologies (ICTs), reveals itself as an important tool for environmental preservation in Brazilian cities. The choice of theme is justified by the inevitability of technological development and the need for these tools to be used for the protection, reconstruction and monitoring of the environment in the context of Smart Cities. For that, we applied the dialectic-legal approach method, associated with bibliographic research. As a result, it is possible to observe the remarkable influence of citizens' connectivity to raise the level of eco-development, however, it is indispensable more public and private investment in this area.

Keywords: Technology; Ecodevelopment; Smart cities; Urbanization; Sustainability.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/rdc.2022.55421

Direitos autorais 2022 Revista de Direito da Cidade

Esta licença permite que outros distribuam, remixem, adaptem e criem a partir do seu trabalho, mesmo para fins comerciais, desde que lhe atribuam o devido crédito pela criação original: (https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/

 

Indexada em | Indexed by: 

Directory of Open Access JournalsResultado de imagem para "ebsco"Resultado de imagem para scilit

http://www.journaltocs.ac.uk/API/blog/images/journaltocslogo.jpgResultado de imagem para suncatResultado de imagem para "American Association for the Advancement of Science"LA ReferenciaResultado de imagem para lexis nexis

 

 

Ver outras indexações da Revista

Periódico associado | Associated journal:

Associação Brasileira de Editores Científicos – ABEC

 

Revista de Direito da Cidade
Endereço: Rua São Francisco Xavier, 524, Sala 7027 B – Maracanã – Rio de Janeiro – RJ Cep 20550-900
Telefone: (21) 23340823
email: revistadedireitodacidadeuerj@gmail.com