ANÁLISE DE PROJETOS E INVESTIMENTOS: PRINCIPAIS TÉCNICAS UTILIZADAS PELAS COOPERATIVAS AGROINDUSTRIAIS

Rafael Maximiano Ferreira, Samuel Lyncon Leandro Lima, Adhmir Renan Voltolini Gomes, Geysler Rogis Flor Bertolini

Resumo


O crescimento do cooperativismo tem como destaque o papel da agricultura na economia brasileira. Nesse aspecto, as mesorregiões Oeste e Centro-Ocidental do Estado do Paraná destacam-se por serem regiões extremamente agrícolas. O propósito deste trabalho foi analisar as técnicas de análise de projetos e investimentos, adotadas pelas cooperativas agroindustriais das mesorregiões Oeste e Centro-Ocidental do Estado do Paraná. Para tanto, realizou-se uma pesquisa de levantamento com seis cooperativas, por meio de questionário com gestores da área de planejamento estratégico dessas organizações, possibilitando assim um maior aprofundamento do tema. Os resultados indicaram a utilização principalmente do PayBack Simples (PBS), Taxa Interna de Retorno (TIR) e Valor Presente Líquido (VPL), como ferramentas para a tomada de decisão, dado que a TIR que as cooperativas utilizam para a decisão de investimento apresentou variação de 10,0% a.a. a 12,0% a.a., porém os gestores destacaram que a mesma não é fator decisivo. Entre os fatores econômicos que tem relevância na tomada de decisão, a taxa SELIC foi descrita como muito ou totalmente relevante, o valor do Dólar frente ao Real, assim como o produto interno bruto (PIB) também foram apontados como relevantes. Dessa forma, os resultados evidenciam que as cooperativas analisadas encontram-se bem estruturadas com relação à análise de investimento; apresentando média de utilização de técnicas de análise de projetos e investimentos mais elaborada, inclusive superior às observadas em empresas situadas na Europa.

Palavras-chave


Finanças

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12979/31903



ISSN da versão on-line (atual): 1984-3291
Periodicidade: Quadrimestral
Classificação CAPES: A3

DOAJ