Sociedade de risco: avanços e limites da teoria de Ulrich Beck / Risk society: advances and limits of Ulrich Beck´s theory

Ricardo Nery Falbo, Rene José Keller

Resumo


Trabalho enviado em 17 de outubro de 2015. Aceito em 22 de outubro de 2015

DOI: http://dx.doi.org/10.12957/rqi.2015

Resumo

O principal objetivo deste trabalho consiste na análise dos avanços e limites da teoria do risco e da teoria da sociedade do risco de Ulrich Beck. A imprevisibilidade e magnitude que caracterizam as catástrofes da natureza e as incertezas e medos que elas produzem têm desafiado a “modernidade reflexiva” e levado cientistas de diversas áreas do conhecimento à procura de explicações.Esta é a referência de contexto de nível macro que define o campo da formulação da teoria do risco de Beck e de sua hipótese acerca da passagem da sociedade de classes para a sociedade de risco. Do ponto de vista metodológico, categorias do pensamento de Marx, de acordo com sua dialética materialista, operarão como condição da análise crítica das teorias de Beck, com base na abordagem descritiva que as caracteriza. Ao romper com a categorização tradicional do tempo segundo as ideias de passado, presente e futuro, Beck discute os fundamentos do conceito “sociedade de risco” orientado pela ideia de que o passado e o futuro fazem parte do presente da sociedade capitalista.

Palavras-Chave: Sociedade de risco; Sociedade de classe; Teoria do risco.

Abtract

The main objective of this work consists of the analysis of the advances and limits of risk theory and risk society theory by Ulrich Beck. The unpredictability and magnitude characterizing the catastrophes of nature and the uncertainties and fears they produce have challenged the "reflexive modernity" and led scientists from different fields of knowledge to look for explanations. This is the macro-level frame of reference that defines the field of risk theory formulation of Beck and his hypothesis about the passage of class society to risk society. From a methodological point of view, the categories of Marx's thought, according to his dialectical materialism, will operate as a condition of the review of Beck's theories, based on the descriptive approach that characterizes them. By breaking with the traditional categorization of time according to the ideas of past, present and future, Beck discusses the fundamentals of the concept of "risk society" directed by idea that the past and future are part of capitalist society in the present.

Keywords: Risk Society; Class Society; Risk Theory


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/rqi.2015.19388


Esta licença permite que outros distribuam, remixem, adaptem e criem a partir do seu trabalho, mesmo para fins comerciais, desde que lhe atribuam o devido crédito pela criação original: (https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/

 

Indexada em | Indexed by:

Library of Congresshttp://www.journaltocs.ac.uk/API/blog/images/journaltocslogo.jpgResultado de imagem para road open access

SHERPA/RoMEO LogoResultado de imagem para "ebsco"Resultado de imagem para "American Association for the Advancement of Science"

 

Resultado de imagem para scilitResultado de imagem para erih plus3d rendered picture of high peaks and cloud, with typographic logo for JURN

Resultado de imagem para lexis nexisResultado de imagem para suncatLA Referencia

Resultado de imagem para "Current Research Information System In Norway"

 

Resultado de imagem para google scholarhttp://www.lib.uct.ac.za/sites/default/files/image_tool/images/14/web-science_1_cus.png

Ver outras indexações da Revista

Periódico associado | Associated journal:

Associação Brasileira de Editores Científicos – ABEC