O USO DE MEMES NAS AULAS DE HISTÓRIA

Luisa Quarti Lamarão

Resumo


Os estudantes da chamada geração virtual, conhecidos como “nativos digitais”, apresentam desafios diários às práticas docentes contemporâneas. A constante oferta de informação fora da sala de aula, disponível pela internet, e consequentemente a criação de uma nova forma de linguagem e comunicação entre os alunos, torna importante a discussão sobre novas estratégias em sala de aula. Nesse sentido, o presente trabalho busca relatar uma experiência pedagógica com o uso de memes na elaboração de questões e também na proposta de os próprios alunos criarem seus memes a partir das aulas de História, em turmas de 7º e 9º anos do Ensino Fundamental II. Memes são imagens, frases ou vídeos que se reproduzem rapidamente pela internet dada a mensagem e a linguagem atraentes que exibem. A atividade apresentou resultados interessantes, uma vez que, por um lado, atualizou a apresentação das avaliações, já que oferece uma linguagem semelhante àquela que eles estão acostumados em seu cotidiano fora da escola; por outro, colocou os estudantes como produtores de conhecimento, interpretando os temas históricos com seus “olhos cibernéticos”. A intenção inicial do projeto era fazê-los enxergar que o conhecimento histórico pode ser trabalhado sob diferentes pontos de vista, inclusive na linguagem viral dos memes. Dessa forma, percebe-se a obsolescência da sala de aula focada numa pedagogia da transmissão, que não enxerga o protagonismo dos estudantes no processo de aprendizagem. Reconhecendo a importância da interatividade nos dias de hoje, torna-se fundamental inserir, de maneira responsável, a linguagem da internet no ambiente escolar.


Palavras-chave


memes; educação básica; ensino de história

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/periferia.2019.36442

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil  

Revista Periferia, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação, Cultura e Comunicação em Periferias Urbanas – PPGECC/UERJ - ISSN: 1984-9540