“As aventuras de Pinóquio”: por um ensino em perspectiva textual

Dennis Castanheira

Resumo


Este artigo tem como objetivo geral debater possíveis estratégias para o ensino de língua portuguesa por meio da obra As aventuras de Pinóquio: histórias de uma marionete, de Carlo Collodi. Utilizamos como base a interface texto e ensino, remetendo, ainda, a alguns postulados dos Parâmetros Curriculares Nacionais para Ensino Fundamental II a fim de fundamentarmos nossas propostas. São explorados temas como intertextualidade e tipologias textuais associados às práticas de leitura, de produção textual e de análise linguística a partir de atividades pré-textuais, textuais e pós-textuais.

 


Palavras-chave


Pinóquio, texto e ensino, PCN.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/palimpsesto.2018.35293

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Dennis Castanheira

 


ISSN 1809-3507 | DOI: 10.12957/palimpsesto


Palimpsesto é uma publicação do corpo discente do Programa de Pós-Graduação em Letras da UERJ:

UERJ >> Instituto de Letras >> Programa de Pós-graduação em Letras

 


Indexado nas seguintes bases:

 

Periodicos CAPES Latindex Find in a library with WorldCat MLA Livre MIAR ResearchBib BASE Logo UF Libraries University of Texas Libraries  Library Logo UCLA Library University of Wisconsin - Madison Libraries EZB


Licença Creative Commons

A Palimpsesto utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.