O encontro entre João Clímaco Bezerra e a Revista Brasiliense: a trajetória de um intelectual de província

Alexandre Barbalho

Resumo


O artigo analisa o recrutamento por parte da Revista Brasiliense, publicação sediada em São Paulo que circulou entre 1955 e 1964, do literato cearense João Clímaco Bezerra (JCB), objetivando entender o espaço de possíveis que permitiu a circulação de um escritor de província para além das fronteiras regionais e sua participação em um projeto político-cultural de caráter nacional-desenvolvimentista e cujos principais articuladores eram nomes consagrados da intelectualidade brasileira. Como recurso metodológico, a partir da sociologia bourdieusiana, se remontou a trajetória de JCB e se elaborou o conjunto de capitais (cultural, social e intelectual) alcançados pelo escritor. Buscou-se, dessa forma, estabelecer os ritos de instituição e nominação que construíram a identidade social do agente analisado, os mecanismos de consagração, as posiçõesocupadas nos espaço sociais onde transitou e por meio das quais estabeleceu suas redes de sociabilidade e de filiação.



Palavras-chave


Intelectual; Província; Trajetória; Ceará; Revista Brasiliense; João Clímaco Bezerra

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/intellectus.2021.58162

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Grupos de Pesquisa:

 
Financiamento:

Indexada em:

Open Academic Journals Index Dialnet
 
https://sumarios.org/revista/intell%C3%A8ctus
 

 https://scholar.google.com.br/citations?user=ruuQn9oAAAAJ&hl=pt-BR

 

Redes sociais:

https://www.instagram.com/intellectus.uerj/