PRÁTICAS INOVADORAS NA FORMAÇÃO EM DOCÊNCIA INCLUSIVA

Cláudia Barreto Bezerra, Ana Flávia Teodoro Oliveira

Resumo


 

Resumo

O presente artigo  tem como objetivo relatar a prática de inclusão escolar e formação docente no Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada à Educação da Universidade Federal de Goiás. Apresenta  considerações atuais sobre a formação de professores para a educação especial nos cursos de licenciatura  e  o direito dos alunos com especificidades, ao desenvolvimento acadêmico e social compatível com a meta da plena participação de todos. O trabalho desenvolvido é uma proposta coletiva de construção de um projeto de ensino envolvendo professores, alunos e os licenciandos da universidade como mediadores pedagógicos. Em uma dinâmica de trabalho colaborativo, os professores experientes e os futuros educadores acompanham o desempenho escolar de alunos com diferentes necessidades pedagógicas, ampliando metodologias que considerem os diferentes desenvolvimentos escolares. Obteve-se o destaque na valorização das potencialidades dos alunos e não das deficiências, concluindo que o diálogo entre os cursos de licenciatura e o ensino básico, com a inserção dos licenciandos em sala de aula e com formação docente específica, promove a inclusão e amplia a capacitação docente. 


Palavras-chave


Palavras-chave: Educação especial; Formação de Professores; Inclusão Escolar; Mediação Pedagógica.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/e-mosaicos.2022.50167

Direitos autorais 2022 Cláudia Barreto Bezerra, Ana Flávia Teodoro Oliveira


ISSN: 2316-9303 | Indexada em: