O PIBID E A FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES: UMA EXPERIÊNCIA NA ELABORAÇÃO DE ROTEIROS DE ATIVIDADES PEDAGÓGICAS

Elaine Toná de Oliveira, Shalimar Calegari Zanatta, Marcia Regina Royer, Alexandre Paulo Loro

Resumo


O objetivo foi evidenciar a importância do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid), tendo como suporte de análise uma vivência do subprojeto de Ciências Biológicas da Universidade Estadual do Paraná, campus Paranavaí. A vivência foi organizada em dois momentos: 1) leitura da Base Nacional Comum Curricular com ênfase nos conteúdos de Ciências e Biologia; 2) planejamento de atividades práticas, roteiros, modelos e jogos didáticos. Foram produzidos quatro roteiros de atividades. Como resultados foram produzidas duas sínteses de análise organizadas na categoria “Características dos roteiros de atividades pedagógicas”, abrangendo as subcategorias “Estratégias iniciais: ponto de partida” e “Estratégias de aplicação dos conteúdos”. Assim, verificou-se que o Pibid promove situações que estimulam o pensar e o repensar da prática, bem como a reflexão e relação entre teoria e prática e, por isso, contribui positivamente para o processo de formação inicial de professores.


Palavras-chave


Formação inicial de professores; BNCC; atividades pedagógicas; análise de conteúdo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/e-mosaicos.2020.47233

Direitos autorais 2020 Elaine Toná De Oliveira, Shalimar Calegari Zanatta, Marcia Regina Royer, Alexandre Paulo Loro


ISSN: 2316-9303 | Indexada em: