ATUAÇÃO DA REDE FEDERAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA QUANTO A OFERTA DE CURSOS TÉCNICOS EM SAÚDE

Marise Nogueira Ramos, Thayná Trindade da S. de Andrade, Julio Cesar França Lima, Gianne Cristina Reis

Resumo


Este artigo busca apresentar um panorama geral da oferta de cursos de educação profissional técnica em saúde pela Rede Federal de Educação Profissional, Cientifica e Tecnológica. Trata-se de um estudo descritivo-exploratório em âmbito nacional que analisa dados quantitativos da oferta de formação em saúde pela rede de 2010 a 2016, estabelecendo comparações com as demais esferas administrativas. Os temas analisados neste artigo, ainda que com resultados parciais, demonstram que a rede federal ampliou sua formação como um todo, seja em número de cursos e matriculas, entretanto a formação técnica de nível médio em saúde ainda é ofertada hegemonicamente por instituições privadas Os resultados mostram que a Rede Federal de Educação Profissional Cientifica e Tecnológica ofertou 4,8% do total de cursos técnicos em saúde em 2016, tendo o maior quantitativo de matriculas concentrado em cursos de agente comunitário de saúde e análises clinicas.


Palavras-chave


Política de Educação Profissional e Tecnológica; Política de Educação Profissional em Saúde; Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica; Saúde Pública

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/e-mosaicos.2020.46666


ISSN: 2316-9303 | Indexada em: