AVANÇOS E DESAFIOS NA IMPLANTAÇÃO DO ENSINO MÉDIO INTEGRADO

Rose Márcia da Silva

Resumo


O artigo busca discutir as disputas na implantação do Ensino Médio Integrado (EMI) como etapa final da Educação Básica no Brasil, a partir da relação trabalho-educação. Analisa dados censitários e escolares, produções acadêmicas e documentais, referentes ao período de 2008 a 2019 e expõe a problemática do Ensino Médio brasileiro, que não consegue atender as demandas de acesso ao Ensino Superior e a postos de trabalhos complexos. Além disso, historiciza a criação do EMI, analisa sua implementação, contradições, avanços e desafios, e o aponta como materialidade de uma proposta de educação possível na realidade atual brasileira, que pode conter o germe da formação politécnica, omnilateral e unitária.


Palavras-chave


Política Educacional; Ensino Médio; Ensino Médio Integrado; Contrarreformas; Resistência.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/e-mosaicos.2020.46178


ISSN: 2316-9303 | Indexada em: