FUTUROS PROFESSORES DE MATEMÁTICA DISCUTINDO SOBRE A OPERAÇÃO DE SUBTRAÇÃO

Camila Porto Giacomelli, Anemari Roesler Luersen Vieira Lopes, Liane Teresinha Wendling Roos

Resumo


Este artigo, composto a partir de uma pesquisa de mestrado, tem por objetivo discutir a importância de estudos e reflexões envolvendo conceitos elementares do ensino de matemática com futuros professores de matemática, mais especificadamente, a operação da subtração. Para isso, nos fundamentamos em pressupostos da Teoria Histórico-Cultural (VIGOTSKI, 1998, 2007, 2009) e, de modo especial, na Teoria da Atividade (LEONTIEV,1978). Diante disso, foi organizada uma oficina com futuros professores de matemática, sendo que os dados foram produzidos a partir de registros em gravações de áudio e vídeo, sistematizados em um episódio composto por cenas na perspectiva de Moura (2004). Os resultados nos revelam que os futuros professores nem sempre se sentem seguros em relação a elementos importantes na estrutura da operação de subtração, como também do próprio conceito no que diz respeito a forma de ensiná-lo, apontando para a necessidade de ampliação de espaços nos cursos de formação inicial que permitam maior aproximação dos futuros professores de matemática com conhecimentos considerados mais elementares, como os referentes aos anos iniciais.

Palavras-chave


Teoria Histórico-Cultural; Teoria da Atividade; Formação inicial de professores de matemática; Operação de Subtração; Ensino de matemática.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/e-mosaicos.2020.45393


ISSN: 2316-9303 | Indexada em: