CAROLINA: MARIAS QUE NÃO SE CALAM

Ana Guimarães Corrêa Ramos Muniz, Alexsandro Rosa Soares, Cristiana Callai

Resumo


Neste artigo contextualizamos a vida e as obras de Carolina Maria de Jesus, bem como cortejamos as suas palavras encharcadas do cotidiano vivido, inscritas no livro Quarto de Despejo: diário de uma favelada, publicado em 1960. Carolina é uma personalidade feminina importante da Literatura Brasileira por se contrapor aos arquétipos estabelecidos pelo âmbito social, em relação às personalidades literárias tidas como canônicas. A obra foi inspiração para que alunos do Ensino Médio, impactados pela vida de Carolina, traçassem suas histórias em escritas.


Palavras-chave


Escrita; Literatura; Existência.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/e-mosaicos.2019.43135


ISSN: 2316-9303 | Indexada em: