OS SENTIDOS DE BULLYING NAS VOZES DAS CRIANÇAS DO ENSINO FUNDAMENTAL: APRENDENDO E CRESCENDO COM OS CONFLITOS NA ESCOLA

Maíra de Oliveira Freitas, Luís Paulo Cruz Borges, Julia Tavares de Carvalho

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo apresentar análises e reflexões sobre os sentidos do bullying a partir das vozes das crianças.  As atividades foram desenvolvidas no projeto de Iniciação à Docência, que ocorre em turmas dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental do CAp-UERJ e tem como título “Aprendendo e crescendo com os conflitos na escola: o respeito ao outro a serviço do desenvolvimento no ensino”. Nas rodas de discussão em sala de aula, focalizamos temas como tolerância, respeito e justiça. Para a elaboração e desenvolvimento do projeto, apoiamo-nos nos estudos de autores que discutem  autonomia moral. Como pressupostos metodológicos, operamos a partir da pesquisa-ação em que produzimos informações e conhecimentos sobre a ação pedagógica cotidiana. Além da observação, também trabalhamos com o diário de campo como forma de registro das atividades, escrita e imagens. Como análises e reflexões iniciais, temos: i) O diálogo deve ser entendido como uma prática pedagógica; ii) A construção de um debate que envolva autonomia moral e ética requer o entendimento de que a criança é sujeito ativo no processo de dialogicidade e reflexão sobre o mundo.


Palavras-chave


bullying - violência - autonomia moral – sala de aula – iniciação à docência

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/e-mosaicos.2019.42284


ISSN: 2316-9303 | Indexada em: