CAPACITAÇÃO CRÍTICA E REFLEXIVA DE AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE: ESTRATÉGIA PARA FORMAÇÃO ATIVA DE PROFISSIONAIS NO E PARA O SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE

Julia Araújo Menezes, Márlea Helena Mendonça Xavier Dutra, Maria da Consolação de Souza Fernandes, Maria Cristina Passos

Resumo


Realizado como projeto de um grupo do Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET-SAÚDE) e do Programa Nacional de Reorientação da Formação Profissional em Saúde (PRO-SAÚDE), o presente relato aborda a experiência de capacitação dos agentes comunitários de saúde sobre as práticas de aleitamento materno e a qualidade dos dados registrados no Sistema de Informação da Atenção Básica. A capacitação, realizada de março a junho/2013 por graduandos de Nutrição, Farmácia e Medicina da Universidade Federal de Ouro Preto, utilizou metodologia crítico-reflexiva, favorecendo a problematização do processo de trabalho na atenção básica e o entrelaçamento de saberes técnico-científicos e empíricos. A avaliação do conhecimento dos agentes comunitários de saúde foi obtida por formulário pré e pós-teste, contendo questões sobre a temática. A frequência do aleitamento materno exclusivo no Sistema de Informação da Atenção Básica apresentou uma queda, após a capacitação, de 81,4% para 74,77% de julho a setembro/2012 para esse mesmo período em 2013, evidenciando maior fidedignidade no registro dos dados, supostamente superestimados. Este trabalho atendeu às demandas relacionadas ao contexto dos serviços de saúde do município e à necessidade de reorientação da formação profissional em saúde no e para o Sistema Único de Saúde, estimulando a interprofissionalidade e a efetivação da integração ensino-serviço-comunidade.

DOI: 10.12957/demetra.2017.28611

 


Palavras-chave


Agente comunitário de saúde. Aleitamento materno. Capacitação em serviço. Ensino superior.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.12957/demetra.2017.28611

e-ISSN: 2238-913X


Esta revista está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.