PISTAS IMPLÍCITAS E OBESIDADE: ESTRATÉGIAS DE PROTEÇÃO CONTRA O MARKETING DE ALIMENTOS

Isabel Antunes David, Laura Krutman, Jéssica Rocha de Andrade, Renata Lopes Araújo, Filipe Braga, Fábio da Silva Gomes, Mirtes Garcia Pereira, Leticia de Oliveira, Sonia Gleiser, M. Carmen Fernández-Santaella, Rafael Delgado, Eliane Volchan

Resumo


A proteção contra o marketing de alimentos não saudáveis constitui importante estratégia de controle da obesidade e de doenças crônico-degenerativas. A indústria de alimentos aplica técnicas de neuromarketing como forma de persuasão implícita e promoção dos seus produtos, assim torna-se urgente a aplicação deste conhecimento no âmbito das estratégias de defesa, aumentando suas chances de sucesso. Propõe-se, com base em diversos estudos já realizados, agregar o conhecimento científico interdisciplinar na fundamentação teórica das ações públicas voltadas para a promoção da alimentação saudável.

DOI: 10.12957/demetra.2016.21777

 


Palavras-chave


obesidade, marketing, publicidade de alimentos, mecanismos de defesa, propaganda, psicologia, neurobiologia, saúde pública.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.12957/demetra.2016.21777