COMPOSIÇÃO QUÍMICA DA LARANJA KINKAN E DE FRUTAS CÍTRICAS

Dirce Ribeiro Oliveira, Ariane Barros Diniz

Resumo


A laranja Kinkan (Fortunella margarita), conhecida popularmente como “laranja de ouro”, é originária da Ásia e pertence ao gênero Fortunella. Possui algumas características das frutas cítricas, que são as mais consumidas pela população brasileira. Objetivo: O presente estudo teve como objetivo avaliar a caracterização química da laranja kinkan, comparando os resultados obtidos com os dados publicados na análise de algumas frutas cítricas de grande significado comercial no Brasil, como laranja serra-d’água, laranja pera-rio, tangerina poncã e limão taiti. Metodologia: Foram avaliados pH, sólidos solúveis, acidez titulável, teor de vitamina C, fenólicos totais e capacidade antioxidante. Todos os testes foram realizados em triplicata, sendo os dados comparados pelo teste de Tukey (p<0,05). Resultados: A laranja kinkan apresentou o maior teor de sólidos solúveis (SS) e baixa acidez titulável (AT); consequentemente, alta relação SS/AT, elevado teor de vitamina C e o maior teor de fenólicos totais em relação às demais frutas analisadas. Conclusão: A laranja kinkan possui características químicas semelhantes às outras frutas cítricas, como pH, acidez titulável e teor de vitamina C, apresenta excelente palatabilidade e pode ser considerada como fonte de fenólicos totais e de vitamina C na alimentação.

DOI: 10.12957/demetra.2015.16726

 


Palavras-chave


citrus; vitamina C; polifenóis; capacidade antioxidante

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.12957/demetra.2015.16726

e-ISSN: 2238-913X


Esta revista está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.