A INFLUÊNCIA DA FAMÍLIA NA ALIMENTAÇÃO COMPLEMENTAR: RELATO DE EXPERIÊNCIAS

Jenifer Andreia Nascimento de Oliveira, Ana Maria Miranda de Araújo, Caroline Schilling Soares, Janete dos Reis Coimbra

Resumo


A introdução da alimentação complementar adequada em tempo oportuno é desafiadora para os profissionais de saúde no contexto da Atenção Primária. A Organização Mundial da Saúde preconiza a amamentação exclusiva até o sexto mês de vida e o aleitamento materno inserido na alimentação complementar até dois anos ou mais. O nutricionista, enquanto membro da equipe do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), tem papel fundamental nos aspectos nutricionais das crianças de zero a dois anos e deve conhecer o comportamento alimentar da família para identificar hábitos e atuar no âmbito familiar. O objetivo deste estudo é problematizar a influência do comportamento familiar na introdução da alimentação complementar da criança e suas consequências no desenvolvimento infantil, através do relato de duas experiências de casos de crianças menores de dois anos atendidas por nutricionistas do NASF. No primeiro caso, observou-se a dificuldade de introdução da alimentação complementar, em função de hábitos alimentares construídos ao longo do tempo pela família, acarretando baixo-peso na criança. Já no segundo caso, evidenciaram-se o desmame precoce e a introdução também precoce e em grande quantidade de leite de vaca, devido a conceitos atribuídos pela mãe a respeito de um padrão alimentar infantil saudável, o que causou constipação intestinal na criança. Apesar de serem conhecidas as implicações para a saúde, a mudança de hábitos alimentares é uma tarefa desafiadora. Conclui-se que o manejo da alimentação infantil é fortemente influenciado pelo contexto familiar e ambiental, sendo relevante considerar esses fatores na abordagem nutricional de mães de lactentes.

DOI: 10.12957/demetra.2016.16053


Palavras-chave


Comportamento Alimentar; Antropologia, Aleitamento Materno; Alimentação Complementar; Estratégia Saúde da Família; Desmame Precoce.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.12957/demetra.2016.16053

e-ISSN: 2238-913X


Esta revista está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.