childhood, visual culture, and education

adriana hoffmann fernandes, helenice mirabelli cassino

Abstract


This article combines thoughts about childhood, visual culture and education. It is known that we live among multiple images that shape the way we see our reality, and researchers in the visual culture field investigate how this role is played out in our culture. The goal is to make some applications those ideas, to think about the relationship between the images and education. This article tries to grasp what visual culture is and in what ways presumptions about childhood generate and are generated by this association. It also discusses the genesis of these presumptions and the images they generate through a philosophical approach, questioning the role of education in a culture tied to the media, and about how children, who are familiar with multiple screens, presage a new visual literacy. We see how images play a fundamental role in the way children give meaning to the world around them and to themselves, in the context of their local culture. Given this context, it is necessary to consider how visual culture is tied to the elementary school, and what challenges confront the generation of wider and more creative ways to approach visual framing in children’s education.


Keywords


childhood; visual culture; education

References


ARIÈS, P. A descoberta da infância. In:______. História Social da criança e da família. Rio de Janeiro: Guanabara, 1978.

BAKHTIN, Mikhail. Estética da criação verbal. 4 ed. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

BENJAMIN, Walter. Obras escolhidas: magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. Trad. Sérgio Paulo Rouanet. 7. ed. São Paulo: Brasiliense, 1994.

BERGER, John. Modos de ver. Trad. Lúcia Olinto. Rio de Janeiro: Rocco, 1999.

CAMPOS, Ricardo. Introdução à cultura visual: abordagens e metodologias em ciências sociais. Lisboa: Editora Mundos Sociais, 2013.

CRARY, Jonathan. Técnicas do observador: Visão e modernidade no século XIX. Rio de Janeiro: Contraponto, 2012.

CUNHA, Susana Rangel Vieira. Educação e cultura visual: uma trama entre imagens e infância. 2005. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2005.

DUSSEL, Inés. Escuela y cultura de imagem: los nuevos desafíos. In: Nómadas. Colombia, n.30, abril, p. 180-193,2009.

FARACO, Carlos Alberto. Autor e autoria. In: BRAIT, Beth (Org.). Bakhtin: conceitos-chave. São Paulo: Contexto, 2008.

FERREIRA, Helenice; ROSAS, Amanda; COUTINHO, Carla Eduarda. Crianças e Youtube: práticas sociais e diferentes formas de viver a infância. In: Anais do Seminário Internacional Infâncias Sul Americanas: crianças nas cidades, políticas e participação. São Paulo: FEUSP, 2017, p.88 – 101.

FLUSSER, Vilém. O mundo codificado: por uma filosofia do design e da comunicação. Organizado por Rafael Cardoso. Trad. Raquel Abi-Sâmara. São Paulo: Cosac Naify, 2007.

______. Filosofia da caixa preta: ensaios para uma futura filosofia da fotografia. Tradução do autor. Rio de Janeiro: Sinergia; Relume Dumará, 2009.

HOFFMANN, Adriana. As telas e suas imagens técnicas em aceleração na sociedade: questões para a educação. Revista Educação e Cultura Contemporanea, vol 16, n 43, 2019.

HERNANDEZ, Fernando. Pesquisar com imagens, pesquisar sobre imagens: revelar aquilo que permanece invisível nas pedagogias da cultura visual. IN: MARTINS, Raimundo, TOURINHO, Irene (orgs). Processos & práticas de Pesquisa em Cultura Visual e Educação. Santa Maria: editora da UFSM, 2013.

MARTÍN-BARBERO, J.. Novos regimes de visualidade e descentramentos culturais. In: VALTER, F., (org.). Batuques, fragmentações e fluxos. Rio de Janeiro: DP&A, 2000.

MONDZAIN, Marie-José. Homo spectator: ver, fazer ver. Lisboa: Orfeu Negro, 2015.

MIRZOEFF, Nicholas. A teoria não são só palavras numa página, mas também coisas que se fazem. Revista Buala, junho de 2018. Disponível em:, https://www.buala.org/pt/cara-a-cara/a-teoria-nao-sao-so-palavras-numa-pagina-mas-tambem-coisas-que-se-fazem-entrevista-com-n Acesso 2019. Entrevista concedida a Filipa Cordeiro da FCSH-UNL.




DOI: https://doi.org/10.12957/childphilo.2020.48432

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


childhood & philosophy Creative Commons License
e-issn 1984-5987 | p-issn 2525-5061