O PLURICENTRISMO DA LÍNGUA PORTUGUESA NAS VOZES DE ESTUDANTES DE ENSINO SUPERIOR

Maria João Macário

Resumo


A globalização e a facilidade de comunicação e movimentação que lhe está associada continua a caracterizar o século XXI e essa realidade afeta também as línguas, que estão em maior contacto umas com as outras, logo são supranacionais e adaptam-se aos contextos, às culturas, às realidades vividas pelos seus falantes. A língua portuguesa não é exceção e apresenta diferentes normas com estatutos diferentes, em função das relações de poder económico, político, cultural que se estabelecem entre elas, pelo que a variação intralinguística que apresenta faz dela uma língua pluricêntrica.

O estudo que aqui apresentamos parte deste pressuposto. Foi desenvolvido no ano letivo de 2021/2022, numa escola superior de educação portuguesa, tendo como participantes 23 estudantes de um curso técnico superior profissional, no âmbito de uma unidade curricular de língua portuguesa. Tínhamos como objetivos i) identificar as representações dos participantes quanto à variação e difusão da língua portuguesa e ii) compreender o modo como os participantes sentem a língua portuguesa. A consecução destes dois objetivos permitiu-nos refletir sobre propostas didáticas no âmbito da educação em português promotoras da sensibilização para o caráter pluricêntrico da língua portuguesa. Para isso, recolhemos dados através de reflexões desenvolvidas num fórum de discussão online e de respostas a um questionário[1] de escolha múltipla enquadrado num jogo online (kahoot). A análise de conteúdo que realizámos permitiu-nos identificar a necessidade de um maior aprofundamento dos estudantes relativamente às características de variação e difusão da língua. Apesar disso, os estudantes apresentam uma relação afetiva com a língua portuguesa e de constatação da sua presença no mundo, sob diferentes roupagens, que resultam na sua enorme riqueza. Estes resultados levaram-nos a refletir sobre a necessidade de promoção de uma sensibilização por parte dos estudantes sobre o caráter pluricêntrico da língua portuguesa.


Palavras-chave


Pluricentrismo; variação; difusão; língua portuguesa; perceções; estudantes; ensino superior.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/seminal.2022.64264

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1414-4298 | e-ISSN: 1806-9142

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.