DO AMOR E DO DESEJO: SOBRE DOIS POEMAS DE LIA VIEIRA

Henrique Marques Samyn

Resumo


O artigo propõe interpretações para dois poemas de Lia Vieira, uma das mais importantes escritoras negras brasileiras, com largo histórico de contribuição para os Cadernos Negros – publicação coletiva de autores negros brasileiros regularmente editada há mais de quarenta anos – e obras selecionadas para antologias publicadas no Brasil e no exterior. As análises propostas, acerca dos poemas “Meu Zumbi” (originalmente publicado em Cadernos Negros 15, de 1992) e “Ânsia” (originalmente publicado em Cadernos Negros 19, de 1996), tencionam enfatizar o tratamento de dois temas centrais da produção literária de Lia Vieira – o amor e o desejo como expressões de um corpo racializado –, concedendo relevo apara aspectos formais e retóricos das composições.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/seminal.2021.58795

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1414-4298 | e-ISSN: 1806-9142

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.