DESLOCAMENTOS IDENTITÁRIOS E NOMEAÇÃO NO ROMANCE CIRCLE OF AMBER

Marcia Sipavicius Seide

Resumo


A nomeação e as renomeações são recursos importantes para a representação literária dos movimentos migratórios e as mudanças de identidade do sujeito migrante.Tendo isto em vista, analisam-se, neste artigo, os deslocamentos identitários que são indiciados ou fomentados pelos nomes de alguma das personagens do romance Circle of Amber escrito pela lituana-australiana Jura Reilly e publicado em 2016.Após apresentação da autora e do romance com um todo, analisa-se um recorte que foca as nomeações de quatro personagens: Ella, Algimantas Kelmas, Ernestas e Gaila. A análise apresentada mostra os deslocamentos indiciados pela renomeação, os quais ocorrem por apagamento voluntário ou imposto da origem étnica dos nomeados, assédio moral relacionado com trocadilhos com o nome, e também por convergência entre o significado do nome e as características da personagem ou com o seu destino.A análise também mostra que, apesar da confirmação da caracterização da personagem pelo significado etimológico do nome ser um recurso clássico em romances de língua inglesa, esse recurso também tem relação com as crenças lituanas sobre os nomes de pessoa.Por focar os nomes próprios de personagens ficcionais, a pesquisa apresentada nesta artigo se insere na Antroponomástica Literária, campo da Onomástica na qual os estudos linguísticos se unem aos literários em perspectiva interdisciplinar.


Palavras-chave


Antroponomástica literária; Literatura australiana; literatura migrante; migração lituana

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/cadsem.2019.38239

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1414-4298 | e-ISSN: 1806-9142

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.