O QUE LEEM OS JOVENS PORTUGUESES (8-14 ANOS) NOS TEMPOS LIVRES? UM ESTUDO DE CASO

Jorge MARTINS, Fernando José AZEVEDO

Resumo


O artigo apresenta os resultados de uma pesquisa levada a cabo no ano letivo 2012/2013, com uma amostra representativa de 30 indivíduos (a frequentar a escolaridade obrigatória entre o 3.º e o 9.º ano de escolaridade, com idades compreendidas entre os 8 e os 14 anos), de um agrupamento de escolas do distrito de Braga (norte de Portugal). Foi objetivo da pesquisa identificar as obras lidas, de forma voluntária pelos jovens, estabelecer correlações com a seleção por géneros e determinar as influências subjacentes à leitura desses textos. A pesquisa demonstrou que os jovens leem maioritariamente obras do domínio da literatura infanto-juvenil comercial, em complemento a outras de âmbito canônico. Foram igualmente detectadas correlações entre o género dos indivíduos da pesquisa e a seleção de determinadas obras. Finalmente, os agentes que maior influência exercem nos jovens são os pais e os professores, percebidos como mediadores da leitura, por excelência.


Palavras-chave


Literatura; Fruição leitora; Hermenêutica;

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/cadsem.2016.20076

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1414-4298 | e-ISSN: 1806-9142

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.