A INSERÇÃO DOS CONTOS POPULARES NA LITERATURA INFANTIL: UMA PERSPECTIVA HISTÓRICA

Maria Alice Ribeiro Gabriel, Luciane Alves Santos

Resumo


A partir do século XVIII, observa-se que o Romantismo proporcionou o resgate da cultura popular como forma de afirmação dos valores nacionais. Trilhando esse caminho, os tradicionais contos de fadas foram a forma preferencial da produção de vários escritores românticos. Além de contos maravilhosos, outras contribuições da tradição oral, incluindo fábulas, lendas, mitos e sagas foram absorvidos pela literatura infantil. Posteriormente, com a revolução na produção literária voltada para crianças, proposta por autores modernos, a literatura pedagógica aumentou consideravelmente no século XIX e o exemplum foi um de seus instrumentos, usado como um poderoso método de persuasão.


Palavras-chave


Conto popular, exemplum, literatura infantil

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/cadsem.2015.14327

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1414-4298 | e-ISSN: 1806-9142

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.