AS MUITAS TRADUÇÕES DE JEKYLL E HYDE EM PORTUGUÊS

Ana Julia Perrotti GARCIA

Resumo


Desde 1886, ano da primeira publicação do original eminglês, o conto The strange case of Dr Jekyll and Mr Hyde, doescritor escocês Robert Louis Stevenson já foi publicado em línguaportuguesa mais de 70 vezes (sem contar reimpressões,atualizações e reedições, apenas novos textos). A Livraria Minervade Portugal publicou em 1933 a obra já com o título de O médico e omonstro. No Brasil, a primeira publicação de que temos notícia atéeste momento da pesquisa é da Livraria do Globo, em sua RevistaMensal de Literatura, de 1938. Além disso, o texto inspirou arealização de diversos filmes para cinema e televisão, peças deteatro e musicais. Em mais de 120 anos de existência, o contoescrito por Stevenson passou por muitas adaptações, compublicações na forma de livro, revista, fotonovela e quadrinhos. Esteestudo procura fazer um levantamento das traduções e adaptaçõesda obra publicadas em língua portuguesa que sejam representativasde alguns assim chamados “fenômenos” editoriais, procurandorefletir sobre as justificativas e desdobramentos de cada um deles.

Palavras-chave


Tradução; Stevenson; O médico e o monstro; Adaptação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/cadsem.2013.12064

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1414-4298 | e-ISSN: 1806-9142

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.