A IMPORTÂNCIA DAS FICHAS LEXICOGRÁFICO-TOPONÍMICAS NA ELABORAÇÃO DO ATLAS TOPONÍMICO DO ESTADO DE MATO GROSSO

Maria Aparecida de CARVALHO

Resumo


As pesquisas toponímicas realizadas nas mesorregiões:Centro-Sul Mato-grossense e Sudeste Mato-grossense, constituídaspor 4.581 topônimos, estabeleceram o início da elaboração do AtlasToponímico do Estado de Mato Grosso. Os topônimos encontram-seregistrados em 39 municípios que compõem 08 microrregiões matogrossenses:Alto Araguaia, Alto Pantanal, Alto Paraguai, Cuiabá,Primavera do Leste, Rondonópolis Rosário Oeste e Tesouro. O totalde topônimos pesquisados evidencia o nível de abrangência dapesquisa. Os levantamentos dos sintagmas toponímicos foramefetuados em mapas e em cartas topográficas, escala 1:100.000.Elaboramos as fichas lexicográfico-toponímicas para montar obanco de dados e este, por sua característica de conservador dedados, possibilita fácil acesso às informações necessárias parasubsidiar a pesquisa a ser efetuada. As fichas lexicográficotoponímicastêm características individuais e, por isso, contêminformações mais detalhadas e específicas de cada acidente físico ede cada acidente antrópico.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/cadsem.2013.12063

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1414-4298 | e-ISSN: 1806-9142

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.