QUERÔ: DISTORÇÕES E ESPELHAMENTO

André Luís GOMES, Helciclever Barros da Silva VITORIANO

Resumo


A partir da temática “especular”, apresentamos, sobalguns ângulos, uma análise do romance Querô – uma reportagemmaldita, publicado em 1976, adaptado pelo próprio autor, PlínioMarcos, para o teatro em 1979 e transmutado para o cinema em2006 sob a direção de Carlos Cortez e roteiro de Bráulio Mantovanie Luiz Bolognesi. Nosso objetivo é discutir o romance e, sobretudo,a peça teatral de Plínio Marcos como obra proponente, ou seja,texto que traz no não dito, nas rubricas, nas falas, propostas paratransposições fílmicas.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/cadsem.2013.12014

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1414-4298 | e-ISSN: 1806-9142

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.