Governança econômica global e desigualdade de gênero: uma agenda para a pesquisa jurídica brasileira / Global economic governance and gender inequality: an agenda for the Brazilian legal research

Autores

Palavras-chave:

Direito econômico, Gênero, Governança econômica global, Institucionalismo / Economic Law, Gender, Global economic governance, Institutionalism.

Resumo

DOI: 10.1590/2179-8966/2021/51398

 

Resumo

Este artigo explora a intersecção entre direito, governança econômica global e desigualdade de gênero, tema ainda pouco tratado pela pesquisa jurídica brasileira. O texto investiga de forma crítica como organizações internacionais, especialmente o Banco Mundial e o Fundo Monetário Internacional (FMI), têm incorporado a estratégia de transversalização de gênero em suas recomendações de regras e políticas públicas a países membros. O artigo também constrói uma proposta de arcabouço teórico destinado à contribuição própria da pesquisa jurídica, que se vale da combinação de duas correntes do institucionalismo: o feminista e o jurídico.

Palavras-chave: Direito econômico; Gênero; Governança econômica global; Institucionalismo.

 

Abstract

This article explores a subject, which is still absent in Brazilian legal research: the intersection between law, global economic governance, and gender inequality. It critically examines how international organizations, mainly the World Bank and the International Monetary Fund (IMF), are gender mainstreaming their recommendations on rules and policies. The article also builds a theoretical framework that draws on two institutionalist approaches: feminist and legal institutionalism.

Keywords: Economic Law; Gender; Global economic governance; Institutionalism.

Biografia do Autor

Camila Villard Duran, Professora visitante da Escola de Direito da Sciences Po Paris, França

Professora visitante da Escola de Direito da Sciences Po Paris

Professora doutora licenciada da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (FDUSP)
Pesquisadora sênior associada ao Programa de Governança Econômica Global da Universidade de Oxford
Pós-doutora pelas universidades de Oxford e Princeton
Doutora em direito pela FDUSP e pela Universidad Paris 1 Panthéon-Sorbonne

 

Publicado

2022-09-12

Como Citar

Duran, C. V. (2022). Governança econômica global e desigualdade de gênero: uma agenda para a pesquisa jurídica brasileira / Global economic governance and gender inequality: an agenda for the Brazilian legal research. Revista Direito E Práxis, 13(3), 1500–1529. Recuperado de https://www.e-publicacoes.uerj.br/revistaceaju/article/view/51398