FINANCEIRIZAÇÃO E O MERCADO DE COMMODITIES: UMA AVALIAÇÃO A PARTIR DO SETOR DE MINERAL

Bruno Milanez, Maira Sertã Mansur, Luiz Jardim de Moraes Wanderley

Resumo


O artigo avalia a crescente financeirização do setor de commodities minerais a partir de três elementos. A revisão sobre performatividade dos agentes econômicos sugere que a realização de lucros de curto prazo e ações performáticas tendem a se tornar prioritárias em comparação a decisões de longo prazo. A análise das chamadas junior companies, empresas de prospecção mineral cujo funcionamento depende essencialmente do mercado financeiro, indica que o aumento de sua presença no Brasil tende a aprofundar conflitos territoriais. A avaliação de dados de preço, oferta e demanda do mercado global de minério de ferro mostra uma modificação das formas de captura da renda mineral. Assim, a financeirização do mercado mineral se caracteriza como um processo complexo e multifacetado.


Texto completo:

104-125


DOI: https://doi.org/10.12957/tamoios.2019.38676



ISSN: 1980-4490

Periódicos Capes Resultado de imagem para logotipo biblioteca nacional