O CAPACITISMO E A EXPECTATIVA DOCENTE EM RELAÇÃO A ALUNOS COM DEFICIÊNCIA

Flávia Pedrosa de Camargo

Resumo


Os anos de 1990 constituíram-se como fundamentais na consolidação das políticas educacionais que contribuíram para a universalização da educação no Brasil. Dentre essas políticas, destacamos as voltadas para pessoas com deficiência. As expectativas docentes, influenciadas por suas percepções em relação aos estudantes, têm potencial impacto na proficiência dos alunos (SOARES et al., 2010; OLIVEIRA; PAES DE CARVALHO, 2017). O objetivo do presente trabalho é discutir aspectos ligados ao conceito de Capacitismo e as expectativas docentes em relação à aprendizagem de alunos com deficiência. Assim, utilizaremos o conceito de Capacitismo e os Estudos sobre a Deficiência (Disability Studies) como pontos chaves de interpretação. A pesquisa foi realizada em um município localizado no interior do país em três escolas por meio de observações e entrevistas. Verificamos que as expectativas em relação aos alunos com deficiência possuem forte influência do Capacitismo e tais percepções são determinantes nos resultados dos alunos matriculados na rede municipal pesquisada.

Palavras-chave


Capacitismo; Educação especial; Expectativa docente

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/(syn)thesis.2020.61451

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1414-915X (versão impressa)
ISSN 2358-4130 (versão digital)