PROJETO DE AVALIAÇÃO DE IMPACTOS, PASSIVOS E DANOS AMBIENTAIS NA REGIÃO DE ARACAJU

Sabrina Nascimento, Elenice Rachid da Silva, Josimar Ribeiro de Almeida

Resumo


Devido ao processo rápido de crescimento urbano e populacional a Região de Aracaju tem crescido em ritmo acelerado, o que tem gerado graves impactos devido as ocupações irregulares, mas também principalmente por despejo de esgoto doméstico, lixo e pela falta de conscientização ambiental quanto a importância da preservação dos ecossistemas. Então este estudo visa avaliar o crescimento urbano com os eventos de degradação dos ecossistemas de manguezais, sendo este um ecossistema delicado que vem sofrendo com a expansão urbana desenfreada da Região de Aracaju. Pode-se constar com dados levantados que grande parte a rede de esgoto é precária, situação está que vem a se repetir até mesmo na capital, levando a concluir a necessidade de implementação de ações preventivas e conscientização ambiental para aumentar a qualidade de vida da população e tentar minimizar os danos ambientais.

 

DOI: 10.12957/ric.2016.21863


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/ric.2016.21863

Direitos autorais


 

ISSN: 2316-7041 | Indexada em:

 

Licença Creative Commons

A Revista Internacional de Ciências está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.