Controle Social: práticas emancipatórias para garantia de direitos

Anderson Carvalho Chaves

Resumo


O presente artigo aspira realizar uma discussão sobre o Controle Social democrático presente na Política Pública de Assistência Social, debate essencial no âmbito das Políticas Sociais no Brasil. Perpassamos, ainda, a importância do papel dos conselhos de Assistência Social e o processo de constituição da esfera pública, enfatizando as entidades de Assistência Social e destrinchando o conceito de sociedade civil nos marcos da democracia participativa para garantia de direitos. Utilizamos como metodologia uma revisão bibliográfica de análise teórica, com autores que estudam e debatem a referida temática, a partir das perspectivas teóricas marxista e gramsciana.

Palavras-chave: controle social democrático; conselhos de assistência social; esfera pública; participação social.

DOI: 10.12957/rep.2015.21073


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/rep.2015.21073

 

 

                                              

ISSN: 1414-8609 | e-ISSN: 2238-3786 JournalDOI: http://doi.org/10.12957/rep

Licença Creative Commons