A Justiça do Trabalho e a repetição da forma-valor / The Labor Justice and the value-form repetition

Guilherme Cavicchioli Uchimura

Resumo


DOI: 10.12957/dep.2016.16268

Resumo

O presente artigo tem por objetivo investigar, a partir da crítica jurídica marxista, os limites ontológicos da Justiça do Trabalho. Coloca-se em debate a repetição da forma-valor na instância jurisdicional, indicando-se que existe na Justiça do Trabalho uma redundância da exploração capitalista que, apesar de não implicar a negação do uso tático da mesma instituição, não comporta em si a própria superação.

Palavras-chave: Direito e marxismo, Forma-valor, Justiça do Trabalho.

Abstract

This article aims to investigate, from the marxist juridical critic, the ontological limits of the Labor Justice.  The value form repetition in the jurisdictional field is discussed, pointing the redundancy of the capitalist exploration at the Labor Justice which, although does not deny its tactical use, can not fit at itself its own overcoming.

Keywords: Law and Marxism, Value-form, Labor Justice.

 


Palavras-chave


Direito e marxismo, Forma-valor, Justiça do Trabalho / Law and Marxism, Value-form, Labor Justice.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/dep.2016.16268 ';



Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Rua São Francisco Xavier, 524, S-E - Maracanã - Rio de Janeiro (RJ), Brasil - CEP: 20.550-013 - Email: 
direitoepraxis@gmail.com - ISSN: 2179-8966