A família como um dos fatores de risco e de proteção nas situações de gestação e maternidade na adolescência

Naiana Dapieve Patias, Marília Reginato Gabriel, Ana Cristina Garcia Dias

Resumo


O presente trabalho buscou compreender como o contexto familiar pode servir como fator de risco e de proteção na situação da gestação e maternidade na adolescência. Realizou-se uma revisão sistemática da literatura nos portais Scielo e Pepsic, com os descritores família, adolescência, gravidez, gestação, maternidade, sexualidade, vulnerabilidade, risco e proteção, no período de 2000 a 2010. Para análise do material, utilizou-se uma análise temática de conteúdo. Os resultados sugerem que, dentre os fatores de risco estão: dificuldades no relacionamento familiar, repetição da história familiar de gestação, a ocorrência de gestações sucessivas durante a adolescência, falta ou inadequação da orientação sexual, quantidade de apoio familiar recebido, situações de violência, crenças e valores sobre parentalidade, abuso de drogas. Já entre os fatores de proteção encontra-se: relacionamento familiar satisfatório, apoio recebido da família e impacto positivo advindo da gravidez adolescente. Esses resultados são discutidos a partir da concepção processual de risco/proteção.

Palavras-chave


Adolescência; Gestação; Maternidade; Risco e proteção; Família

Texto completo:

HTML PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/epp.2013.8427

Licença Creative Commons
A revista Estudos e Pesquisas em Psicologia esta licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada.

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia
© Estudos e Pesquisas em Psicologia
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco F, sala 10.005, 10° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0651

E-mail: revispsi@gmail.com