A influência da idade e da escolaridade sobre a experiência empática de adultos

Vanessa Dordron de Pinho, Conceição Santos Fernandes, Eliane Mary de Oliveira Falcone

Resumo


Atualmente, os teóricos começam a compartilhar uma visão da experiência empática humana como um fenômeno multidimensional influenciado por diversos aspectos, dentre eles, a idade e a escolaridade. No presente estudo, investigou-se as relações entre a habilidade social empática e essas duas variáveis sociodemográficas, em 537 participantes adultos. A habilidade empática foi estudada em quatro dimensões, que correspondem aos quatro fatores que compõem o instrumento utilizado, o Inventário de Empatia (IE): Tomada de Perspectiva (TP), Flexibilidade Interpessoal (FI), Altruísmo (Al) e Sensibilidade Afetiva (SA). Os resultados indicaram correlações significativas do ponto de vista estatístico entre idade e dois aspectos da empatia: altruísmo e sensibilidade afetiva. Os grupos de escolaridade se diferenciaram quanto à flexibilidade interpessoal e ao altruísmo. Através deste artigo é possível hipotetizar que as variáveis estudadas estão relacionadas à empatia, corroborando estudos anteriores que apontam como variáveis cognitivas caminham juntas com o desenvolvimento e podem ser afetadas pelo aprimoramento educacional.

Palavras-chave


Empatia; Idade; Grau de escolaridade

Texto completo:

HTML PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/epp.2011.8384

Licença Creative Commons
A revista Estudos e Pesquisas em Psicologia esta licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada.

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia
© Estudos e Pesquisas em Psicologia
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco F, sala 10.005, 10° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0651

E-mail: revispsi@gmail.com