Eventos de vida e Construção da Identidade na Adultez Emergente

Tuíla Maciel Felinto, Gustavo Gauer, Giulia Bodanese Rocha, Karen Cristina Rech Braun, Ana Cristina Garcia Dias

Resumo


Durante o período da adultez emergente, a forma como eventos vividos são compreendidos é afetada pela narrativa de história de vida internalizada pelo indivíduo. A investigação dos tipos de experiências mais frequentes nessa fase contribui para a compreensão da forma como histórias de vida e identidades são construídas. O objetivo deste estudo foi investigar temáticas frequentes nos eventos de vida considerados importantes por jovens universitários. Participaram 287 universitários, com idades entre 18 e 35 anos (= 22,55; DP = 5,88) que responderam a um questionário no qual relataram sete eventos mais importantes de suas vidas. Valência emocional, importância, prevalência e idade na qual ocorreu foram atribuídos pelos participantes aos seus eventos de vida. Os eventos citados foram, em sua maioria, considerados positivos, resultado condizente com a literatura sobre memória autobiográfica. As três categorias mais citadas envolveram temáticas relacionadas à exploração identitária e de possibilidades, características marcantes da adultez emergente.

Palavras-chave


história de vida; eventos de vida; memória autobiográfica; adultez emergente

Texto completo:

HTML PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/epp.2020.52582

Licença Creative Commons
A revista Estudos e Pesquisas em Psicologia esta licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada.

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia
© Estudos e Pesquisas em Psicologia
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco F, sala 10.005, 10° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0651

E-mail: revispsi@gmail.com