Psicologia na Escola: Construção de um horizonte libertador para o desenvolvimento de crianças e jovens

Raquel Souza Lobo Guzzo, Flávia de Mendonça Ribeiro

Resumo


Esse artigo pretende apresentar um breve ensaio sobre a relação entre Psicologia e Educação, a partir de Martín-Baró e Paulo Freire, no Brasil, como uma referência de rompimento com o modelo tradicional predominante para a área, ao mesmo tempo que pretende discutir a importância da formação crítica em Psicologia, em especial no campo educativo e as demandas e desafios a serem enfrentados no plano técnico e político na inserção de psicólogos na rede educacional pública.

Palavras-chave


psicologia escolar; psicologia da libertação; psicologia crítica

Texto completo:

HTML PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/epp.2019.43021

Licença Creative Commons
A revista Estudos e Pesquisas em Psicologia esta licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada.

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia
© Estudos e Pesquisas em Psicologia
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco F, sala 10.005, 10° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0651

E-mail: revispsi@gmail.com