Bullying escolar na perspectiva dos professores

Lisiane Machado de Oliveira-Menegotto, Isadora Machado

Resumo


Bullying é um fenômeno caracterizado por atos de violência física ou verbal, que ocorrem de forma repetitiva e intencional. O objetivo deste artigo é discutir a concepção de bullying escolar, na perspectiva de professores de uma escola privada da região sul do Brasil. Dez professores participaram de uma entrevista semiestruturada, que foi gravada e, posteriormente, transcrita. Foi realizada uma análise de conteúdo que gerou eixos temáticos de discussão. Os resultados apontam para a importância de olhar para o sujeito aluno e professor, de modo a incorporar nas práticas pedagógicas mais ações de observação e escuta. Assim, professores e alunos devem ter um espaço de fala e escuta, para que o bullying não passe despercebido. O estudo também sugere a importância do trabalho da Psicologia no ambiente escolar, no sentido de assegurar um espaço saudável no campo das relações professor-aluno, professor-professor, aluno-aluno.

Palavras-chave


Bullying; violência escolar; inclusão; professores

Texto completo:

PDF HTML


DOI: https://doi.org/10.12957/epp.2018.38123

Licença Creative Commons
A revista Estudos e Pesquisas em Psicologia esta licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada.

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia
© Estudos e Pesquisas em Psicologia
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco F, sala 10.005, 10° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0651

E-mail: revispsi@gmail.com